JOSÉ SARAMAGO
 morreu
 1922-2010

saramago_adeus_2010


JOSÉ SARAMAGO morreu. Ficamos com os seus livros e a sua herança de lutar pela liberdade de pensamento. A sua determinação em afirmar as suas ideias próprias levou-o por vezes a entrar em contradição, mas esse é um pequeno pecado que apenas acontece a quem defende as suas convicções ao longo de uma vida.

Sobre as opiniões e comportamentos de certos elementos da direita política portuguesa e do Vaticano não e necessário comentar pois a surpresa seria se tivessem tido um conduta inteligente, mas a imbecilidade e tacanhez intelectual não lhes permite escapar às habituais demonstrações de intolerância.

Agora o importante é continuar a ler e dar a ler os seus livros.


Paulo Mendes, 20 Junho 2010


+ info > entrevista no jornal Público

+ info > dossier no jornal El País



(...)


20-06-2010

Topo